Sindhoteis

Expo Londrina 2024: setor hoteleiro prevê aumento na taxa de ocupação

Expo Londrina 2024: setor hoteleiro prevê aumento na taxa de ocupação

No próximo mês, as atenções do agronegócio brasileiro e do entretenimento musical estarão voltadas para Londrina (PR). De 5 a 14 de abril, a maior cidade do interior do Paraná será o palco da 62ª edição da Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina, a Expo Londrina 2024. Os meios de hospedagem de Londrina já estão preparados para receber o público. A estimativa do setor é de crescimento de 15% a 30%, em relação à taxa média de ocupação.

Os grandes atrativos da Expo Londrina 2024 são os negócios gerados no Parque de Exposições Governador Ney Braga, referentes ao agronegócio e pecuária, que atraem profissionais e interessados de várias regiões do Brasil. Além disso, a realização de leilões presenciais e as apresentações de grandes ídolos da música nacional, especialmente do gênero sertanejo, potencializam pessoas de outras cidades nos meios de hospedagem de Londrina.

Nos últimos anos, o turismo de eventos e negócios gerado pela Expo Londrina tem impactado o setor hoteleiro com uma características especial. A maior parte de quem se hospeda na cidade tem o perfil de ser profissional que vai trabalhar durante os dias de evento.  O empresário Paulo Sérgio Oliveira é proprietário do Hotel Triunfo e acredita que a procura por hospedagem deve ficar mais intensa no decorrer de março.

“Historicamente, nossa média de ocupação semanal fica na casa dos 60%, mas com a realização da Expo Londrina esse número sobe para 90%. Até o começo de março, a procura tem sido modesta, mas deve melhorar. Eventos de grande porte sempre são benéficos para a nossa região”, diz o empresário.

Outra unidade que tem aumento na taxa de ocupação média com a Expo Londrina é o Hotel Igapó. A média semanal, que aproximadamente é de 75%, sobre para 90%. No estabelecimento, o crescimento é ligado aos convênios firmados com empresas expositoras. Mesmo com a taxa de ocupação acima da média, o chefe de recepção do hotel, Thiago Marques, traz um alerta que tem impactado negativamente o setor.

“Nos últimos anos, os valores cobrados para ter acesso a ingressos de shows, estacionamento, comidas e bebidas foram considerados altos por boa parte do público. Com isso, percebemos que, nas últimas edições, houve menor procura por parte do turista de entretenimento, que é aquele que vai aos shows ou buscar um passeio em família. Esse grupo de turistas de entretenimento ficou formado, basicamente, por moradores da nossa região metropolitana, que não usam os hotéis”, analisa Thiago Marques.

O Hotel Igapó e o Hotel Triunfo são empresas associadas ao Sindhotéis Londrina, o sindicato que representa os empresários dos setores de hospedagem e alimentação de Londrina e mais 57 municípios do norte paranaense.

 

Foto: Canva


Deixe um comentário

Compartilhe

Tags

Notícias relacionadas

Sindhotéis Londrina apresenta nova marca
Ler noticia

Sindhotéis Londrina apresenta nova marca

06 de Set de 2023

Comunicado
Ler noticia

Comunicado

03 de Nov de 2017

Comunicado Sindhotéis Londrina
Ler noticia

Comunicado Sindhotéis Londrina

09 de Nov de 2023